segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Oxum, um colar perfumado

"Vem, estrela da manhã acordando o dia
Vem, estrela da noite, quando principia
Vem, menina princesa, lua de beleza
Pelo céu sem fim, pra mim
Iaiá Oxum, Iaiá Oxum, ora ieiê ô ora ieiê ô

Vem, senhora dos palácios, cheios de riqueza
Vem, senhora do dengo e da realeza
Vem, de pedras e ouros, donados tesouros cheiro de jasmim, pra mim
Iaiá Oxum, Iaiá Oxum, ora ieiê ô ora ieiê ô


Vem, carinho de riacho chorando na mata
Vem, vestida de renda, feita de cascata
Vem, abelha doçura, lira formosura tanto encanto assim pra mim
Iaiá Oxum, Iaiá Oxum, ora ieiê ô ora ieiê ô


Vem, no espelho que reflete tua face amada
Vem, rosa entreaberta, minha adorada
Vem, leque do disfarce, esconder e dar-se
Entre não e sim, pra mim
Iáiá Oxum". A estrela, canção de Raul Travassos e Silva Ferreira.


Feliz semana! Beijos, Amor, Paz e Luz!

3 comentários:

sonia disse...

Hola:
Me llamo Sonia y me he dado un paseo por tu blog.
¡¡Me ha encantado¡¡
¡Olé tu creatividad y tus manos divinas¡.
Bicos¡¡¡¡¡

SIMONA disse...

ciao..se i colori rispecchiano il tuo spirito..allore devi essere una forza della natura!!!!! complimenti
simona

Anônimo disse...

Como faço para adquirir esse lindo Patuá de Oxum !! AXÉ