quinta-feira, 15 de maio de 2008

Cadernos de mulher

Caderno de mulher se parece muito com bolsa de mulher; tem coisas nele que até Deus duvida.

Existe caderno que é agenda; marca compromisso, dia de aniversário e de reunião, endereços e telefones. Foi feito para lembrar e pode ser acrescido de alguns "acessórios" importantes, que andam com ele de tempos em tempos.

Contas de água, de luz, de telefone, carnês de crediário e mais boletos de fatura são encaixados entre as páginas como se fossem marcadores.

A papelada fica acomodada nas páginas para serem lembradas e são retiradas para serem esquecidas até o próximo mês, data do retorno. O caderno que é agenda comporta todo tipo de coisa para ser lembrada.

Existem cadernos que guardam somente receitas; da avó, da mãe, de uma amiga. Bolos, tortas doces e salgadas, docinhos de festa, panetone de Natal. Humm...delícias para ocasiões frugais e especiais. Existem cadernos apropriados, que se compram ou que se ganham, em que está impressa a indicação para o uso: "caderno de receitas", ou, simplesmente "receitas".
Para alguns casos, o fabricante deveria imprimir, logo abaixo, um sub-título: "que nunca irei cozinhar", por absoluta falta de tempo e paciência, ou por cansaço.

Há também os cadernos que falam: os diários. Falam de pessoas amadas e do amor. De fatos importantes de cada dia. Falam bem e mal dos outros. Contam histórias, revelam segredos, mostram idéias e pensamentos. Os cadernos feitos diários são o passado e o presente, todos os dias.

Cadernos de apontamentos, de anotação; de recortes da memória, recordação. Todos são importantes para a mulher; neles se guarda ou se esconde tudo o que se quer, com as próprias mãos.

Um comentário:

Camila disse...

Lidia estou adorando o blog, cada vez mas lindo, cada vez melhor, cada vez com mas conteúdo.
Beijos!